Páginas

Pesquisar neste blog

8 de abril de 2011

Como conseguimos estragar nossos cães


É impressionante a capacidade do ser humano de conseguir “estragar” um cão no passar do tempo. A maioria dos cães já nasce equilibrada e o convívio em grupo apenas mantém a estabilidade de todos os animais. Assim, eles podem viver o resto de seus dias realizados e de modo estável. As mães educam seus filhotes conforme os filhotes vão crescendo – quem nunca viu uma mãe pegando o filhote pela pele do pescoço e o afastando porque ele estava incomodando muito? Os adultos se corrigem o tempo todo, mostrando o que é permitido ou não naquele grupo. Enfim, buscar pelo equilíbrio é algo natural para os cães - o cão que continua instável é expulso do grupo para garantir a sobrevivência da matilha.

Com a domesticação, o ser humano retira os cães de seu ambiente naturalmente equilibrado e os leva para dentro de casa, fazendo de tudo para garantir a felicidade plena dos animais – dá muita atenção, carinho, comida, brinquedos e roupinhas – ou seja, tudo o que ele acredita que os cães precisam. Porém, essas necessidades são vista a partir do ponto de vista humano, e não do animal.

Humanizar um cão é a chave para “estragar” o animal. Eles se adaptam à forma como os tratamos e acabam desenvolvendo problemas de comportamento.

Para ler o artigo completo clique aqui.


2 comentários:

helio disse...

oi quero adotar um cachorro de raça de grande porte me liga 94408964

Manuela Andrade disse...

Eu estraguei o Xico e a Babi (casal poodle toy), eles não são agressivos mas são extremamente carentes exigem atenção!!!
rs mas acho uma gracinha
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...